Como separar as impurezas dos grãos na classificação da amostra?

As peneiras para classificação vegetal fazem a separação entre os grãos limpos das impurezas e matérias estranhas provenientes da lavoura.

A impureza é todo material vegetal pertencente à cultura que está sendo classificada, como pedaços de sabugos, caules, folhas, hastes, raízes e vagens. Diferente de matérias estranhas, que são grãos e sementes de outras culturas, insetos, torrões de solo, carvão e todo corpo estranho que não seja o tipo de grão a ser classificado.

       Na classificação da amostra dos grãos, utiliza-se uma amostra de trabalho, que é despejada sobre o kit de peneiras ou selecionador de impurezas, conforme a furação específica para cada tipo de grãos.

JOGO DE PENEIRAS

No kit ou jogo de peneiras, deve-se despejar a amostra sobre o jogo de peneiras e agitá-las de forma que as impurezas caiam no fundo. As impurezas maiores, que não caíram no fundo devem ser selecionadas manualmente e colocados junto com as impurezas do fundo.

Feito isso, as impurezas são pesadas com balança de precisão. Depois, deve ser feito o cálculo do percentual de impurezas e matérias estranhas da amostra, utilizando-se de uma regra de 3. Exemplo: 250g_______100% amostra
                                     2,5g________X
                                     250X = 2,50×100
                                     250X = 250
                                     X = 250/250
                                     X = 1,0% de impureza e matérias estranhas.

SELECIONADOR DE IMPUREZAS

        No selecionador de impurezas, basta despejar a amostra de produto sujo no compartimento da câmera de limpeza (parte superior do equipamento) e iniciar o processo de limpeza. O produto desce através da eclusa dosadora em quantidade uniforme, passando pelo processo de peneiramento em peneira circular, separando parte das impurezas dos grãos. Depois, o produto passa pelo sistema de aspiração por coluna de ar, expelindo o pó, as palhas leves e as cascas, bem como são captados os grãos secos e mal desenvolvidos e sementes estranhas de peso menor do que o grão selecionado. Então, o produto limpo chega na gaveta que se encontra instalada na parte inferior do equipamento e os resíduos chegam na gaveta lateral. Esse processo é rápido e eficiente porque é personalizável conforme o tipo de grão, velocidade da peneira, fluxo de ar e tempo de separação das impurezas.

                             
     Depois disso, deve ser feita a pesagem da impureza e matérias estranhas e o mesmo cálculo anterior do percentual de impurezas. É muito importante fazer o processo adequado na classificação e análise dos grãos para que o percentual de impureza esteja correto e represente exatamente o total daquela carga de grãos, já que possui impactos econômicos, no qual ocorrerão os descontos do produtor e/ou vendedor do produto.

Cada tipo de grão terá furações específicas de peneiras, tanto em dimensões como em modelos das furações. As peneiras podem ter furações oblongas, ovais ou redondas (imagens abaixo):

Fonte: Conforme pesquisa e legislação – Lei da Classificação Vegetal, Lei 9.972 de 25 de maio de 2000 e Decreto 6.268/2007.